Você está aqui: Página Inicial / Menu Alunos / Bolsas

Bolsas

Antonio Berni. 'Manifestación', 1934.


Disponibilidade de bolsas

O PPGPol dispõe de duas modalidades de Bolsas de Estudos: bolsas institucionais e bolsas vinculadas a Projetos de Pesquisa. As bolsas institucionais são fornecidas diretamente ao Programa de Pós-Graduação pelas agências de fomento, como CAPES e CNPq. Já as bolsas de Projetos de Pesquisa são aquelas provenientes de projetos de pesquisas individuais ou coletivos de professores credenciados no Programa, ou seja, dependem da iniciativa de cada professor (ou conjunto de professores) que submetem estes projetos a agências de fomento, tais como CAPES, FINEP, CNPq e, principalmente, FAPESP, numa ação conjunta com o orientando.

As normas completas sobre a concessão das bolsas institucionais (CAPES/CNPq), e sobre requisitos e procedimentos de avaliação dos bolsistas, devem ser consultadas no documento: normas. Na sequência desta página há um resumo de tais regras.  

Da Concessão

1. Cada bolsa CAPES/CNPq disponível é repassada seguindo a ordem de classificação no processo seletivo. No mestrado, tais bolsas irão para a turma mais recente de ingressantes. No caso do doutorado, a distribuição de bolsas é intercalada entre a turma atual e a turma do ano anterior.

1.1. As bolsas de doutorado do CNPq, por contarem com taxa de bancada, são distribuídas, a qualquer momento, ao candidato mais bem colocado no processo seletivo apto a receber uma bolsa institucional (norma válida a partir dos ingressantes 2017).

2. Todos os alunos do Doutorado interessados em obter bolsas de estudo CAPES/CNPq deverão submeter proposta à FAPESP dentro de quatro meses contados a partir da data de matrícula. Sendo a matrícula geralmente realizada em março, a data limite para submissão do pedido de bolsa à FAPESP cairá normalmente em julho (a cada ano, os alunos serão informados sobre a data exata em que a checagem será feita).

2.1. A concessão de bolsas de Doutorado CAPES ou CNPq, seguindo a ordem de classificação no processo seletivo, assim como a continuidade de seu usufruto, ficam condicionadas à apresentação de protocolo de submissão de solicitação de financiamento à FAPESP. A não apresentação do protocolo dentro do prazo implica: a) no cancelamento da bolsa CAPES/CNPq em usufruto; b) caso não seja bolsista, a Comissão de Bolsas entenderá que o aluno não pode e/ou não possui interesse no recebimento de bolsa CAPES/CNPq a qualquer momento.

3. Ao ser comunicado do recebimento da bolsa o aluno deve preencher e assinar o termo de compromisso (modelo CAPES).

Avaliação dos bolsistas

4. As bolsas institucionais (CAPES/CNPq) são renovadas anualmente, no caso do doutorado, e semestralmente, no caso do mestrado, a partir da avaliação das atividades desenvolvidas pelo bolsista. A qualquer momento, a Comissão de Bolsas e a CPG podem decidir pela suspensão da bolsa institucional CAPES/CNPq, caso o rendimento do bolsista não seja satisfatório. São itens da avaliação:

a)  mérito acadêmico – aprovação nas disciplinas com A ou B. A bolsa de mestrado/doutorado será cancelada caso o aluno obtenha 2 (dois) conceitos “C” nas disciplinas do programa, ou em outro programa de pós-graduação da UFSCAR ou de outra universidade (nesse último caso, se a disciplina cursada visar a convalidação de créditos). Da mesma forma, a bolsa será cancelada se houver uma reprovação em disciplina (por nota ou frequência).

b) Participação nos eventos promovidos pelo PPGPol: todos os alunos estão obrigados a participar das atividades do Ciclo de Machiavéllicas, com uma frequência mínima de 75% dos eventos.

c) Participação em eventos da área, a saber ABCP, ANPOCS, ALACIP, LASA, IPSA.

d) Exame de Qualificação: a bolsa pode ser suspensa caso o aluno não cumpra o prazo estipulado para a realização do exame de qualificação.

e) Exigências burocráticas: indicação, até o final do primeiro ano, do nome do orientador.

5. Para serem avaliados, todos os bolsistas CAPES/CNPq deverão encaminhar à Comissão de Bolsas do PPGPol, ao final de cada semestre (mestrado) ou ano letivo (doutorado), os seguintes documentos:

a) Histórico escolar completo (‘sujo’) do curso em andamento;

b) Relatório de no máximo duas páginas, assinado pelo bolsista e pelo orientador, contendo:

- participação em eventos do PPGPol e outros, indicando os trabalhos apresentados;

- referências de demais publicações e atividades acadêmico-científicas desenvolvidas no período;

- avanços na pesquisa e na redação da dissertação/tese;

- atividades previstas para o próximo período e planejamento em relação à pesquisa em andamento

5.1 - A não entrega dos documentos acima em até 15 dias após o encerramento das aulas do PPGPol poderá implicar na suspensão da bolsa no mês subsequente.

6. A prorrogação do prazo de qualificação ou defesa por parte de alunos bolsistas (CAPES, CNPq ou FAPESP), assim como os não bolsistas, é considerada procedimento excepcional, podendo ser aprovada ou não pela CPG, que define por quanto tempo será válida tal prorrogação. O pedido de prorrogação deve ser submetido à CPG. A não existência de prorrogação aprovada em CPG configura situação de irregularidade, podendo levar ao desligamento do aluno

7. As bolsas CAPES, CNPq e FAPESP implicam em dedicação exclusiva à pesquisa e aos estudos de pós-graduação. O desempenho de atividades remuneradas por bolsistas é regulamentado por cada agência de fomento. Ao assumir a bolsa, o aluno assume também os compromissos e requisitos de cada agência. Portanto, é obrigação do beneficiário tomar conhecimento de tais normas; a não observância delas implica não só na retirada da bolsa, como pode acarretar a devolução dos recursos recebidos para as agências.

Bolsas CAPES, consultar: http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-pais/ds-e-proap

 Bolsas CNPq:

http://www.cnpq.br/web/guest/view/-/journal_content/56_INSTANCE_0oED/10157/100352

Também consultar portaria conjunta CAPES/CNPq n. 1, de 15 de julho de 2010:

http://www.cnpq.br/web/guest/view/-/journal_content/56_INSTANCE_0oED/10157/25243

Outros documentos pertinentes à concessão de bolsas institucionais:

Portaria Conjunta CAPES/CNPq

Ofício Circular CAPES nº 49/2010 -Abertura de conta no Banco do Brasil

No caso da FAPESP, consultar: http://www.fapesp.br/bolsas/  

BOLSAS NO EXTERIOR

Existem diferentes tipos de bolsas para estágio de pesquisa no exterior. O PPGPol incentiva todos os alunos a procurarem tais bolsas, e fornece todo o suporte para que eles tenham êxito nesse processo. As principais bolsas disponíveis são:

Doutorado-sanduíche CAPES (PDSE):

http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-exterior/programa-de-doutorado-sanduiche-no-exterior-pdse 

Estágio de pesquisa FAPESP (BEPE - mestrado e doutorado): 

http://www.fapesp.br/bolsas/bepe/

Doutorado-sanduíche CNPq (SWE): 

http://www.cnpq.br/web/guest/view/-/journal_content/56_INSTANCE_0oED/10157/515690